em

Vinicius Lessa comenta conquista e mira Mundial Nogi da IBJJF

Vinicius está confirmado no Mundial Sem Kimono após vencer o São Paulo Open Nogi

Vinicius Lessa estará em ação no Mundial Nogi. Foto: Reprodução/Instagram
Vinicius Lessa estará em ação no Mundial Nogi. Foto: Reprodução/Instagram

Vinicius Lessa foi irrepreensível no último fim de semana e conquistou o ouro no São Paulo Open Nogi, após mostrar um Jiu-Jitsu de alto nível. O pupilo de Claudio Calasans levou o título no superpesado ao derrotar Lucas Alves por pontos na final. Com o triunfo, Vinicius carimbou o passaporte para o Mundial Nogi, em dezembro.

Vinicius foi além de seus limites e competiu com a missão de conseguir os pontos necessários para disputar o evento sem kimono mais importante da IBJJF mesmo sem estar 100% fisicamente. O faixa-preta contou as adversidades que superou para vencer o São Paulo Open Nogi e avaliou seu desempenho.

“Meu desempenho na final foi bom, a luta foi uma guerra. Eu estava me sentindo muito mal no dia do evento, acordei passando mal, meio tonto e com fraqueza no corpo. Eu não queria lutar, mas tinha que lutar para conseguir os pontos que precisava para lutar o Mundial. Então, mesmo se eu perdesse eu conseguiria os pontos necessários. Graças a Deus, deu tudo certo”, vibrou Vinicius Lessa.

Lessa faz balanço do São Paulo Open

Vinicius disse que conseguiu impor seu jogo e refutar as investidas do adversário apesar do mal estar.

“Meu corpo não estava respondendo tanto, mas eu consegui raspar bem logo no começo e defendi bem vários botes no pé. Administrei a luta com a vantagem no placar. Além disso, anulei o jogo dele, fiz a minha parte durante os dez minutos e depois foi só comemorar”, declarou o aluno de Calasans.

Vinicius tem somado quilometragem no sem kimono na temporada e está cada vez mais adaptado à modalidade. Ele analisou a própria evolução e garantiu que estará cada vez melhor.

Vinicius Lessa fala sobre evolução no Jiu-Jitsu sem kimono

“Eu tenho lutado pouco, mas tenho pego cada vez mais gosto pelo Jiu-Jitsu sem kimono. Então, cada apresentação minha é melhor. Vocês podem ver pelos resultados. Cada vez que eu luto, venho com uma performance melhor. Isso faz com que eu pegue cada vez mais o gosto”, afirmou Lessa.

O faixa-preta da Esporte Dez comentou os ajustes que pretende fazer para o Mundial Nogi e disse que pretende imprimir seu Jiu-Jitsu agressivo.

“Preciso ajustar mais as defesas de calcanhar. É um jogo bem diferente comparado ao Jiu-Jitsu com kimono porque no sem kimono pode atacar o calcanhar, cruzar o joelho. Não é algo que estou tão acostumado, mas consigo me sair bem nas lutas. É só continuar ajustando, manter os treinos fortes e chegar pronto para o Mundial. Estou bem animado para esse evento, é o meu primeiro Mundial Nogi na faixa-preta. Neste ano, lutei meu primeiro Mundial pela IBJJF e estou feliz por ter a oportunidade de participar desses eventos e quero dar o meu melhor lá. Podem esperar um Jiu-Jitsu para frente e com muita vontade de vencer”, finalizou Vinicius Lessa. 

Avatar photo

Escrito por Gabriel Almada

Jornalista aficionado por luta e faixa-roxa de Jiu-Jitsu

Anderson Munis vai acirrar a disputa no Mundial da CBJJE

Anderson Munis comenta preparativos para o Mundial da CBJJE

Meyram Maquine é um dos astros confirmados no Mundial da CBJJE. Foto: Reprodução/Instagram

Com dinheiro em jogo, faixas-pretas competem hoje no Mundial da CBJJE