em

Victor Hugo quer ser estratégico para superar “Big Dan” no Fight Pass Invitational 5

Campeão mundial absoluto da IBJJF vai lutar grappling neste domingo

Victor Hugo é uma das maiores estrelas do Jiu-Jitsu. Neste domingo, ele luta contra Dan Manasoiu no UFC Fight Pass Invitational 5, em Las Vegas.
Victor Hugo também é campeão mundial absoluto sem kimono. Photo: Divulgação

Por Emmanuela Oliveira

Após boa temporada nas competições de kimono, o atual campeão mundial peso e absoluto da IBJJF Victor Hugo está focado em sua fase no grappling com o objetivo de alçar voos ainda maiores. No próximo domingo, dia 10 de dezembro, o faixa-preta da Six Blades Jiu-Jitsu tem pela frente um combate contra Dan Manasoiu, fera treinada pelo John Danaher na New Wave, no Texas. Eles são uma das super lutas mais esperadas no UFC Invitational 5.

O embate entre os dois não é inédito: ano passado, no ADCC 2022, Victor Hugo enfrentou “Big Dan” nas oitavas de final do ADCC. Na ocasião, o cearense saiu vitorioso por pontos. Apesar de reconhecer a evolução de Dan Manasoiu desde o último combate entre os dois.

Victor Hugo continua apostando nas suas habilidades do Jiu-Jitsu, seja com ou sem pano, para acumular outra vitória sobre “Big Dan”.

“Se pararmos para ver, ele tem mais experiência que eu no sem kimono. Ele deve treinar No-Gi há uns quatro anos, mas só treina isso. Então, ele pode estar um pouco mais experiente no timing do sem kimono, mas eu sou campeão mundial absoluto No-Gi, eu acho que isso pesa um pouco.”, analisa Victor, em entrevista ao VF Comunica, ciente de que deve tomar cuidado com as chaves de pé aplicadas por Dan, uma especialidade.

Victor Hugo é um atleta estratégico

O aluno de Xande Ribeiro é o tipo de competidor que interpreta o estudo do jogo do adversário como parte do treino. Por conta disso, VH prefere não emendar lutas em um curto espaço de tempo.

“Eu não sou o tipo de cara que vai fazer lutas todo final de semana. Eu gosto de estudar o meu adversário e me programar bem. Porque, se no final eu não ganhar, eu pelo menos terei evoluído. Eu tento estudar bem quais lutas vou fazer e em quais eventos. Então, acho que essa oportunidade foi perfeita para fechar o ano.”, comenta o atleta que faz desse desafio um aquecimento para o ADCC de 2024.

Outra vitória sobre Dan no cartel de Victor é um forte indicativo de que ele está mais próximo da oportunidade de lutar contra Gordon Ryan. No entanto, o faixa-preta mostrou humildade ao comentar sobre o assunto.

“Todo passo que eu dou no Jiu-Jitsu é bem estudado. Eu acredito que para enfrentar o Gordon eu preciso me preparar mais, preciso lutar com os caras, e o Dan vai ser um adversário muito importante nessa crescente para enfrentar o Gordon, porque hoje ele está em um bom momento. Se eu conseguir essa vitória sobre ele acredito que estarei um degrau acima para conseguir lutar contra o Gordon.”, conclui.

O Fight Pass Invitational 5 vai ao ar às 22:00 (horário de Brasília) de domingo, dia 10, com transmissão exclusiva pelo UFC Fight Pass.

Victor Lima brilha nos Estados Unidos e reflete: “O esporte mudou a minha vida”

Vinicius Lessa comenta treinos com Preguiça antes do Mundial No Gi