em

Tainan Dalpra e Cole Abate brilham; Jonnatas conquista GP do Tough Roll

Sábado foi um dia de grande emoção no cenário competitivo do Jiu-Jitsu com a realização do Tough Roll, na Austrália. A competição reuniu alguns dos melhores lutadores do mundo, proporcionando lutas intensas e resultados surpreendentes.

Jonnatas brilhou e conquistou o GP dos Médios do Tough Roll

Na luta principal da noite, o brasileiro Tainan Dalpra mostrou toda a sua habilidade e finalizou o australiano Burak Sarman com um impressionante estrangulamento. Dalpra, conhecido por sua agressividade e habilidades de passar a guarda, não deu chances ao oponente. Após transpor a guarda usando o “gator roll”, umas de suas preferidas, foi capaz de chegar as costas e finalizar. Tainan agora aumentou seu recorde para 70 vitórias na faixa-preta, sendo 51 por finalização. 

O duelo entre australiana Nikki Lloyd e favorita Anna Rodrigues era uma das mais aguardadas pelo público. Enfrentando uma oponente altamente experiente, a lutadora australiana mostrou uma tática perfeita e surpreendeu a todos ao derrotar a favorita. Anna dominou o início da luta, mas não valia pontos. Teve até um momento em que a brasileira encaixou uma finalização, mas não teve êxito. 

Estreante na faixa-preta, o Cole Abate protagonizou um duelo interessante com Baby Dave. Demonstrando sua versatilidade e domínio técnico, Abate conquistou através de um justo armlock. O duelo contra Dave foi sem kimono, arte que Cole tem performance muito bem ao longo dos anos. Sua estreia no cenário internacional não poderia ter sido melhor, e certamente o lutador promete grandes feitos em sua carreira na elite da faixa-preta. 

Os brasileiros Vagner Rocha, Victor Dória, Henrique Ceconi também conquistaram a vitória em suas respectivas lutas, o que fez com que o Brasil ficasse a frente da Austrália em número de vitórias. 

Jonnatas Gracie brilha no Tough Roll e conquista o Grand Prix do peso médio

O talentoso lutador brasileiro enfrentou três desafios consecutivos e não decepcionou em nenhum momento. Sua jornada rumo ao título começou com uma emocionante batalha contra Tadeu Lobato. Jonnatas Gracie mostrou sua agressividade e precisão no solo, dominando o confronto e garantindo a vitória.

Em seguida, o adversário de Jonnatas foi Murilo Amaral. A luta foi dominada pelo atleta da Atos, que demonstrou sua versatilidade mais uma vez. Jonnatas, em duas lutas, confirmou seu favoritismo e foi para a final com a confiança em alta para enfrentar Servio Tulio, faixa-preta da Gracie Barra que vinha de duas vitórias por finalização no Grand Prix. 

Na grande final do GP, Jonnatas mediu forças com Servio Tulio. Porém, o combate foi breve, pois uma infeliz lesão ocorreu logo no início da luta, quando Jonnatas aplicou uma queda técnica. Servio não conseguiu dar continuidade ao duelo e Jonnatas foi declarado o campeão do torneio.

Além de levantar o troféu de campeão do Grand Prix do peso médio, Jonnatas foi agraciado com um prêmio em dinheiro de 10 mil dólares. 

O Tough Roll mais uma vez provou ser um evento de alto nível, reunindo os melhores lutadores de jiu-jitsu do mundo em uma competição emocionante e repleta de ação. A plateia presente no evento testemunhou a verdadeira essência do esporte, com atletas de elite mostrando respeito, humildade e espírito esportivo, criando um ambiente inspirador para os entusiastas do Jiu-Jitsu.

Avatar photo

Escrito por Vitor Freitas

Jornalista, Vitor Freitas atua diretamente na produção de conteúdo para o Jiu-Jitsu de todas as formas há 13 anos.

Australiano Burak revela segredos antes do confronto épico contra Tainan no Tough Roll

Seda College: empresa de intercâmbio que transforma vidas através do Jiu-Jitsu e do inglês