em

São Paulo Open: confira os detalhes e saiba quem brilhou no evento da CBJJ

Guilherme Lambertucci e Jessica Caroline conquistam os absolutos na faixa-preta

Guilherme Labertucci foi o campeão absoluto do São Paulo Opne. Foto: Reprodução/CBJJ
Guilherme Labertucci foi o campeão absoluto do São Paulo Opne. Foto: Reprodução/CBJJ

A disputa do São Paulo Open agitou o Ginásio Poliesportivo José Correa e reservou momentos emocionantes. O evento da CBJJ reuniu diversos atletas tarimbados da elite e proporcionou duelos eletrizantes. Os grandes nomes da faixa-preta foram Guilherme Lambertucci e Jessica Caroline, que mostraram um Jiu-Jitsu de alto nível e reinaram nos absolutos. Jessica fechou a final com Thalyta Silva, sua parceira de equipe na Fratres.

O título absoluto selou a redenção de Guilherme Lambertucci no São Paulo Open. Guilherme perdeu para Pedro Lucas na semifinal do pesadíssimo, mas se reergueu no torneio para triunfar no aberto.

Na final, Lambertucci finalizou Lucas Alves com uma americana da meia-guarda. Em suma, ele derrotou quatro adversários ao longo da campanha dourada.

Outro destaque do evento foi Anderson Kauan. O pupilo de Marcio de Deus foi dominante no superpesado e deu continuidade ao ótimo momento nos tatames. “Bolinho” impôs seu Jiu-Jitsu refinado e estrangulou Julian Stonjek com um ataque das costas para garantir o ouro. Este foi o segundo título dele em Opens da IBJJF na faixa-preta.

Léo e Elder no topo do meio-pesado

Os alunos de Caio Almeida tomaram conta do perímetro do meio-pesado. Léo Lara e Elder Junior venceram duas lutas cada e fecharam a final. A categoria era uma das mais acirradas na faixa-preta, porém, eles cumpriram o serviço. Antes de carimbar vaga na final, Léo superou Lucas Gualberto nos pontos, enquanto Elder eliminou Wellington Luís.

Pedro Lucas trilhou uma caminhada sem falhas no pesadíssimo e faturou a medalha de ouro. Então, com direito a vitória sobre o campeão absoluto do evento, Pedro ainda bateu dois adversários para alcançar o lugar mais alto do pódio. Na final, o carioca venceu Pablo Batista com amplo domínio dos pontos.

Promessa do Dream Art, Pedro Bolo confirmou a boa fase e levou o título no peso médio. Em suma, edro emplacou três vitórias em sequência e foi imparável no São Paulo Open. Ele contabilizou duas finalizações e um triunfo nos pontos ao longo da competição.

Gabriel Brod chegou há pouco na faixa-preta, mas já mostrou a que veio. O atleta da Gracie Barra venceu três lutas e adicionou mais uma conquista importante em sua carreira. Ele derrotou nomes como Hygor Brito, Vinicius Liberati e Victor Maciel para capturar o ouro.

Marlus triunfa no São Paulo Open

Marlus Salgado mediu forças com oponentes de alto nível, mas levou a melhor com categoria. O representante do Dream Art enfileirou quatro vitórias numa das chaves mais disputadas da competição. O fundador do Manual do Jiu-Jitsu finalizou os dois primeiros combates no peso leve e venceu os outros dois seguintes por finalização.

Lucas Maquiné é um dos pesos-penas mais consistentes nas competições e conseguiu o ouro no peso-pena. Ele colidiu com Cleison Santos, estreante na faixa-preta, e conteve o ímpeto do adversário. Lucas mostrou um jogo progressivo e impressionou pela qualidade técnica.

Lincoln vence em grande estilo

Lincoln Rafael foi avassalador no peso-pluma e conquistou o título com segurança. Ele aplicou um belo ezequiel das costas para finalizar Iago Pereira na disputa pelo ouro.

Oziel Santos provou por que é um dos pesos-galos mais perigosos do momento. “Zizi” venceu duas lutas e foi campeão numa campanha impecável. 

Mulheres em ação no São Paulo Open

As mulheres também movimentaram o São Paulo Open e entregaram combates de primeira linha. Jessica Caroline venceu uma luta para vencer o peso leve, enquanto Miranda Galban triunfou no peso leve. Por outro lado, Thalyta Silva, Sabatha Laís e Amanda Magda garantiram ouros para a Fratres nos pesos médio, meio-pesado e pesado, respectivamente. 

Avatar photo

Escrito por Gabriel Almada

Jornalista aficionado por luta e faixa-roxa de Jiu-Jitsu

Gabriel Silva brilhou no World Pro. Foto: Milena Maldonado/VF Comunica

Gabriel Silva celebra ouro no World Pro e exalta cuidado da AJP com os atletas

Victor Hugo e Big Dan se enfrentam no UFC Fight Pass Invitational 5. Foto: Reprodução

Victor Hugo e Big Dan colidem em duelo de grappling no UFC