em

Pedro Marinho sobre WNO 21: “quero dar show e manter o cinturão”

Atleta da Gracie Barra mede forças com Rafael Lovato no dia 30 de novembro e espera defender o título dos meio-pesados

Pedro Marinho é o atual campeão meio-pesado do WNO. Foto: Reprodução/Instagram
Pedro Marinho é o atual campeão meio-pesado do WNO. Foto: Reprodução/Instagram

Pedro Marinho é o atual campeão meio-pesado do Who’s Number One e vai colocar seu cinturão em jogo nas próximas semanas. O craque da Gracie Barra está emparelhado com Rafael Lovato no card principal do WNO 21, marcado para o dia 30 de novembro, em Austin, Texas. 

Pedro é um dos principais grapplers do momento e costuma fazer lutas empolgantes. O campeão tem um instinto predatório aguçado e sempre luta à caça da finalização. Além disso, Pedro mescla pujança física e técnica para imprimir seu estilo agressivo. Ele detém um forte jogo de quedas e a guilhotina é a arma mais poderosa de seu jogo.

Pedro Marinho conversou com a equipe do VF Comunica e comentou detalhes da reta final de preparação para o duelo.

“Tenho treinado muito bem com a galera da Gracie Barra Westchase, eu não faço camp, treino o ano inteiro. Então, estou me sentindo pronto. Agora, é só lapidar e acertar os últimos detalhes para chegar bem no dia 30 de novembro, dar um show e manter o cinturão”, afirmou Pedro.

Pedro fala sobre duelo no WNO

O lutador da Gracie Barra analisou o encaixe técnico e garantiu que está afiado para provar que é o melhor do mundo da categoria.

“É uma luta muito bem casada porque eu e Lovato somos caras agressivos que andamos para frente. Então, vai ser um show para o público. Acho que quem ganhar as pequenas batalhas, como hand fight e as transições do wrestling, vai ditar a luta. Eu me preparei bem e estou pronto para mostrar mais uma vez que sou o melhor do mundo da divisão -88kg”, disse o campeão dos meio-pesados do WNO.

Em sua apresentação de grappling mais recente pelo WNO, Pedro derrotou Giancarlo Bodoni, atual campeão até 88kg do ADCC. Na ocasião, o brasileiro teve as rédeas do confronto a todo momento e frustrou as investidas do adversário. O lutador da Gracie Barra explicou por que acredita que vai manter o cinturão.

Pedro destaca trabalho consistente

“Vou manter o cinturão porque acredito no trabalho que tenho feito para essa luta. Acredito no trabalho que venho fazendo há anos com as pessoas que estão ao meu redor. No dia 30 de novembro, vou ter mais uma oportunidade de provar que sou o melhor da categoria -88kg no mundo e um dos melhores peso por peso da atualidade”, reforçou Pedro.

Pedro reconheceu o nível de Lovato e, por isso, frisou que está calibrado em todas as áreas para evitar brechas.

“Tenho treinado e ficado pronto para todas as situações. Então, é uma coisa boa desse esporte. Tenho falado que sou o melhor do mundo na divisão, então, tenho a chance de provar isso no próximo dia 30. É isso que passa pela minha cabeça. Vou mostrar para mim mesmo e para as pessoas que acreditam em mim que sou o melhor da categoria”, ressaltou o faixa-preta.

Pedro Marinho enalteceu a experiência de Rafael Lovato no grappling, porém, destacou que está motivado para mais um grande teste na carreira.

“Eu não diria perigo, mas uma vantagem que ele tem é a experiência por já estar no jogo há muito tempo. Mas também sinto que já passei por altos e baixos, então me sinto pronto para mais uma batalha”, concluiu o campeão.

Avatar photo

Escrito por Gabriel Almada

Jornalista aficionado por luta e faixa-roxa de Jiu-Jitsu

Usman Nurmagomedov é o atual campeão dos leves do Bellator. Foto: Divulgação/Bellator

Primo de Khabib se pronuncia após falhar em exame antidoping

Cássio Silva é bicampeão do World Pro. Foto: Reprodução/Instagram

Cássio Silva revela como superou os próprios limites no World Pro