em

PBJJF chega ao Brasil com missão de ajudar no crescimento do esporte

Thalys Pontes brilhou no Mundial de Jiu-Jitsu da PBJJF. Foto: Reprodução/Instagram
Thalys Pontes é campeão mundial da PBJJF. Foto: Reprodução/Instagram

A Professional Brazilian Jiu-Jitsu Federation (PBJJF) está pronta para fazer história ao trazer pela primeira vez toda a sua estrutura para o Brasil. A Federação tem planos para realizar eventos nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Goiânia. A PBJJF, ao trazer seu evento para o solo brasileiro, reconhece a importância do país na história do Jiu-Jitsu e deseja compartilhar essa experiência única com todos os amantes do esporte

O primeiro evento a ser realizado será o Grand Slam Goiânia International Championship, que está agendado para o dia 6 de abril, e as inscrições já estão abertas no site “Sou Competidor”.

Para os atletas, este campeonato não é apenas uma chance de competir, mas também uma oportunidade de aumentar sua visibilidade no cenário internacional. A Federação oferece uma vitrine única para os talentos emergentes e estabelecidos no mundo do Jiu-Jitsu.

A PBJJF tem sede em Maryland, nos Estados Unidos, e é liderada pelos faixas-pretas João Paulo Ferreira, o popular “JP” e Max Gimenis, este ainda um competidor de alto nível. Para JP, o sucesso da Federação é medido pela dedicação e os benefícios que a sua plataforma oferece aos competidores.

“Isso é essencial para nós. Queremos melhorar a cada dia. Se hoje você vier a um evento da PBJJF, você verá algo completamente diferente no próximo. Alguma coisa vai melhorar porque estamos evoluindo constantemente. Outra coisa que fazemos é mandar perguntas aos atletas para ver o que podemos melhorar”, comenta JP.

Avatar photo

Escrito por Vitor Freitas

Jornalista, Vitor Freitas atua diretamente na produção de conteúdo para o Jiu-Jitsu de todas as formas a mais de 10 anos.

Relembre Piano da Gracie Barra e seu estilo agressivo no Dallas Open

Aloredana Santiago: da periferia do Rio de Janeiro para o mundo