em

Patrício Pitbull brinca sobre desfecho de última luta e aponta futuro rival no Bellator

Brasileiro, que nocauteou Jeremy Kennedy, revelou que quase saiu do combate por lesão

Patricio Pitbull quer vencer mais uma vez no Bellator
Patricio Pitbull é o rei do peso-pena no Bellator. Foto: Bellator

Patricio Pitbull mostrou o motivo de ser considerado o melhor peso-pena da atualidade. No último dia 22 de março, no Bellator Champions Series, o brasileiro nocauteou Jeremy Kennedy e manteve o cinturão da companhia. Mas, apesar do grande desfecho, a vitória não chegou de maneira fácil. No terceiro round, Patrício sofreu um knockdown do adversário e quase viu seu cinturão ficar nas mãos do canadense. No entanto, o brasileiro mostrou seu espírito guerreiro, aguentou a pressão e deu a volta por cima em grande estilo, com uma sequência de socos, cotoveladas e joelhadas para nocautear o rival. 

“Eu sempre acho que posso fazer mais depois de rever as minhas lutas, mas gostei da forma como ela acabou. Estou até pensando em deixar meus próximos adversários acertarem um golpe limpo em mim logo no início da luta daqui pra frente, para dar aquela ativada logo no início (risos)”, brincou o campeão dominante do Bellator.

Astro do Bellator ficou sem lutar por noves meses

Nos últimos meses, Patrício conviveu com uma série de cancelamentos de suas lutas. Inicialmente, o brasileiro enfrentaria Jesus Pinedo, no dia 24 de fevereiro, no Bellator x PFL, mas o peruano se lesionou e saiu do combate. Gabriel Braga foi escolhido para ser o substituto, mas também não teve condições de atuar. Mas agora, antes do combate contra Kennedy, foi o brasileiro que quase não teve chance de atuar.

“Em um treino um dia antes da pesagem, num movimento simples, minhas costas travaram e meus braços ficaram dormentes. Eu pensei que poderia ter relação com a minha cirurgia. Foi algo surreal, porque não senti nada no camp para a luta contra Jesus e nem nessas semanas de lá para cá. Falei com o meu médico, ele me disse que não tinha relação com a lesão do pescoço, prescreveu alguns remédios, eu fiz muita fisioterapia e rezei. No dia da luta eu não estava totalmente recuperado, ainda tinha limitações, mas fiz um bom treino e resolvi lutar”, explicou.

Com o triunfo e a manutenção do seu título, Patrício agora traçou qual é o seu próximo foco. Embora tenha o desejo de encarar campeões de outras organizações, o potiguar adiantou quem deve ser seu próximo adversário.

“Acho que temos que fazer essa luta (contra o campeão da PFL), mas tem um novo GP acontecendo e na PFL o campeão é por temporada, então não sei como fica isso. O Aaron Pico é o próximo na fila do Bellator, acredito que essa será a minha próxima luta. Eu tenho vontade de fazer uma revanche contra Chihiro (Suzuki), especialmente agora ele sendo campeão do Rizin, com nossos dois cinturões em jogo. Se dependesse só de mim, faria mais essas três lutas esse ano, mas devido à agenda dos eventos não sei se será possível”, completou.

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo da luta aqui, no VFComunica.com

Avatar photo

Escrito por Vitor Freitas

Jornalista, Vitor Freitas atua diretamente na produção de conteúdo para o Jiu-Jitsu de todas as formas a mais de 10 anos.

Caio Almeida trabalha para formar novos campeões mundiais na temporada

Americano Gabriel Silva quer chegar no Brasileiro de Jiu-Jitsu em sua melhor versão