em

Lucas Castro, da GB Chandler, sai da zona de conforto para brilhar no Pan da IBJJF

Atleta já acumula dois ouros de Opens da IBJJF no início da temporada

Lucas
Atleta foi campeão da categoria adulto, peso galo, no Sacramento Open da IBJJF, no final de fevereiro. Foto: @lukinhagb72

Aluno e professor da Gracie Barra Chandler, nos Estados Unidos, o faixa-preta Lucas Castro sabe bem como usar os Opens da IBJJF como preparatório para os torneios do Grand Slam da federação internacional de Jiu-Jitsu. Com a mente já 100% voltada para o Pan-Americano, que acontece esse mês na Flórida, Lucas já pode usar como motivação os dois ouros que conseguiu no início da temporada: nos Opens de Sacramento e San Jose. Sobre o camp para o Pan, o faixa-preta adulto de Paulo Eduardo “Piu” ressaltou a facilidade para bater o peso na divisão que ele mira o maior destaque: o peso-galo.

“A preparação para o Pan tem sido muito boa. Nos dois Opens que lutei antes do Pan, consegui bater o peso-galo super bem e também colocar em prática no campeonato posições novas que desenvolvi nos treinos.”, afirma ao VF Comunica.

Lucas Castro diz que reforço no treino com atletas do Brasil foi fundamental

Na estratégia para um desempenho campeão no Pan, sempre aos comandos do professor Paulo Eduardo, existe a tática de fortalecimento de treino com material humano e a solução para isso foi buscar atletas do Brasil para enriquecer o time. Uma via de mão dupla no quesito benefício, pois todos saem ganhando.

Falando especificamente do jogo de Lucas Castro para o Pan, ele diz que confia na predominância do jogo por cima como elemento surpresa, já que os atletas mais leves, como os da sua divisão, preferem puxar para a guarda e desenvolver a partir desse ponto.

“Acho que a principal diferença também está no jogo por cima. O peso galo é uma categoria que nem todo mundo se sente confortável jogando por cima e eu venho trabalhando bastante para me sentir confortável nisso.”, revela, sem temer a saída da zona de conforto.

Ainda de acordo com o faixa-preta, o foco do time do Arizona da GB está nos torneios de kimono da IBJJF. O objetivo é chegar no Pan, e posteriormente no Mundial, com aptidão para aplicar todas as técnicas lapidadas nos treinos constantes. Com isso feito, o sucesso está garantido.

Avatar photo

Escrito por Emmanuela Oliveira

Emmanuela Oliveira é faixa-marrom de Jiu-Jitsu e formada em Comunicação Social. Dentro do tatame, aprendeu que é possível conjugar Jiu-Jitsu, escrita e o gosto pelas artes visuais em um só pacote.

Bernardo Passos, representante da Luta Livre, é homenageado pela CBLLE

LMJJ vai pagar mais de 5 mil reais em premiação no Campeonato Mineiro de Jiu-Jitsu