em

ADGS Istambul: faixas-pretas se consagram no último dia de campeonato na Turquia

Lucas Protasio, Uanderson Ferreira e Yara Soares contabilizaram títulos no evento da AJP Tour

Uanderson Ferreira foi campeão no Grand Slam da Turquia. Luta dele conta o faixa-preta português Bruno Lima foi um dos destaques da competição.
Uanderson Ferreira foi campeão no Grand Slam da Turquia. Luta dele conta o faixa-preta português Bruno Lima foi um dos destaques da competição. Foto: AJP Tour

Celebrando o décimo aniversário, o Abu Dhabi Grand Slam World Tour chegou ao terceiro e último dia de sua competição na Turquia. Depois de abrir o torneio na sexta-feira e prosseguir com os atletas do juvenil e do master no sábado, o ADGS Istambul reservou o melhor para o final com os faixas-pretas profissionais mostrando suas habilidades neste domingo, dia 9 de junho.

Nos tatames da AJP, a elite do Jiu-Jitsu fez sua estreia no torneio, colocando suas melhores performances enquanto buscavam tanto o título em suas respectivas divisões quanto pontos suficientes para assumir a liderança no ranking global da organização. Confira abaixo o resumo de cada final entre os atletas da faixa-preta adulto:

MASCULINO (GI) / FAIXA-PRETA

56 kg – Kalel Santos vs. Omar Alsuwaidi

Em uma luta bem equilibrada, Kalel Santos conseguiu a vitória após manter a pressão para passar a guarda de Omar Alsuwaidi, tanto no tempo regulamentar quanto no golden score. Omar fez algumas tentativas de finalização, mas a performance de Kalel foi eficaz o suficiente para convencer os árbitros, que votaram a favor do brasileiro e decidiram que ele mereceu o título da divisão até 56 kg.

62 kg – Jefferson Fagundes vs. Pablo Dutra

Mantendo a calma diante de um oponente desafiador, Jefferson Fagundes mostrou sua profundidade técnica ao vencer Pablo Mantovani. Após 3 a 3 no placar por conta de duas puxadas duplas, Pablo se levantou e conseguiu um ponto, apenas para ver o placar empatar novamente quando Jefferson quase conseguiu raspar. Tendo marcado por último no placar de 4 a 4, Jefferson tinha a vitória em suas mãos. Então, ele se concentrou em controlar os ataques de Pablo e as tentativas de passagem de guarda até o tempo acabar.

69 kg – Thiago Macedo vs. Thiago Marques

Os rivais Thiago Macedo e Thiago Marques se encontraram novamente na final da categoria até 69 kg. Após se recuperar da dupla puxada com um ponto, Macedo aplicou uma pressão implacável por cima, evitando qualquer ataque do oponente. No final da luta, o placar de 1 a 0 deu a vitória e a medalha de ouro para Macedo.

77 kg – Lucas Protasio vs. Jefferson Goteu

Lucas Protasio adicionou mais um título ao seu currículo. Enfrentando Jefferson Goteu na final da categoria até 77 kg, Lucas trabalhou por cima tentando passar a guarda elástica do oponente. O momento decisivo do duelo foi quando Lucas quase passou e pegou as costas, colocando o placar em 2 a 0 e mantendo durante a luta, o que levou o brasileiro ao topo do pódio.

85 kg – Uanderson Ferreira vs. Bruno Lima

Em uma das lutas mais emocionantes do ano, Uanderson Ferreira e Bruno Lima tiveram um confronto digno de um Grand Slam. Bruno começou na liderança após aplicar uma contra-queda em Uanderson, mas este rapidamente subiu e empatou o placar em 2 a 2 antes de se levantar. Com Uanderson ganhando mais quatro pontos com duas quedas de single-leg e Bruno ganhando outro ponto quase derrubando seu oponente perto do fim do duelo, o placar final ficou em 6 a 3 e deu a Uanderson a vitória junto com o título da divisão de 85 kg.

94 kg – Marcos Carrozzino vs. Jackson Sousa

Com o título da divisão em jogo, Marcos Carrozzino e Jackson Sousa se viram em um impasse durante a maior parte da final até 94 kg. Após três penalidades para ambos os lados devido à falta de combatividade, o placar ficou empatado em 6 a 6 até o final da luta, quando Marcos conseguiu um ponto ao contra-atacar uma tentativa de queda de single-leg de Jackson. Com um placar de 7 a 6, Marcos Carrozzino saiu por cima e conquistou o ouro no ADGS Istambul.

120 kg – Matheus Xavier vs. Felipe Bezerra

Matheus “Tá Danado” Xavier conseguiu superar o atual campeão Felipe Bezerra na final dos 120kg. Lutando por baixo, Matheus controlou a pressão de Felipe, entrou na meia-guarda profunda e raspou, deixando o placar em 3 a 1. Felipe tentou subir, mas Matheus girou rápido e conseguiu ficar por cima, controlando a luta até o fim do tempo para vencer por pontos.

FEMININO (GI) / FAIXA-PRETA E MARROM

49kg – Diana Teixeira vs. Flavia Soares

Diana Teixeira estava no auge na final da divisão dos 49 kg. No duelo, ela pegou as costas de Flavia Soares duas vezes, indo direto para a gola na segunda vez e estrangulando. Com isso, ela adicionou mais uma medalha de ouro ao seu currículo.

56 kg – Asma Alhousani vs Alexa Yanes

Uma grande vitória para Asma Alhousani em Istambul. Usando sua faixa marrom, Asma enfrentou a experiente Alexa Yanes na final até 56 kg, com esta última assumindo a liderança no placar ao se levantar da dupla puxada. Após Alexa atacar no pé, Asma não só se defendeu como também usou o movimento para subir com dois pontos, ultrapassando sua oponente no placar por 2 a 1. Alexa não diminuiu o ritmo e tentou atacar na chave de braço várias vezes, mas Asma conseguiu se defender bem e levou o título do ADGS por pontos na Turquia.

62 kg – Rafaela Bertolot vs. Julia Alves

Rafaela Bertolot conseguiu uma importante vitória contra Julia Alves na final da categoria até 62 kg. Lutando por cima contra a perigosa guarda de Julia, Rafaela conseguiu bater na lateral e usar a defesa da adversária a seu favor partindo direto para o mata-leão, sem colocar ganchos ou sequer alcançar totalmente as costas. Com o estrangulamento encaixado, Rafaela finalizou Julia logo no primeiro minuto da luta e conquistou o ouro.

70 kg – Raquel Santos vs. Anna Remneva

Raquel Santos teve uma vitória segura na final dos 70 kg. Saindo da dupla puxada com um ponto, Raquel acabou sendo raspada por Anna Remneva, que a ultrapassou no placar por 2 a 1. Raquel rapidamente se posicionou por baixo e conseguiu raspar, deixando o placar em 3 a 2. Após fazer a guarda novamente, Raquel marcou mais um ponto e controlou a adversária por baixo para fechar a luta em 4 a 2.

95 kg – Yara Soares vs. Marwa Alhousani

Yara Soares usou toda a sua pressão para conquistar a divisão até 95 kg. Lutando por cima contra Marwa Alhousani, Yara atacou pela lateral, passou a guarda, colocou o joelho na barriga da adversária e tentou finalizar no pescoço, colocando o placar em 6 a 0 e se tornando a campeã após cinco minutos de ataques ininterruptos.

Avatar photo

Escrito por Emmanuela Oliveira

Emmanuela Oliveira é faixa-marrom de Jiu-Jitsu e formada em Comunicação Social. Dentro do tatame, aprendeu que é possível conjugar Jiu-Jitsu, escrita e o gosto pelas artes visuais em um só pacote.

WNO 24: Gordon Ryan está de volta em luta contra Josh Saunders

Cássio Silva conquista quarto ouro e segue invicto na temporada 2024