em

Gordon Ryan informa lesão e não compete mais em 2023

Gordon confirma saída das lutas contra Lucas Hulk e Mason Fowler e volta a lutar apenas em 2024

Gordon Ryan está fora dos eventos de grappling em 2023. Foto: Future Kimonos
Gordon Ryan está fora dos eventos de grappling em 2023. Foto: Future Kimonos

Gordon Ryan anunciou nos últimos minutos em suas redes sociais que sofreu uma lesão na costela durante o treino e não vai mais lutar grappling nessa temporada. Gordon faria a luta principal do WNO 21 contra Lucas Hulk, na próxima quinta-feira, 30 de novembro, no Texas. 

Além disso, ele mediria forças com Mason Fowler no UFC Fight Pass Invitational 5, no dia 10 de dezembro, em Las Vegas. Gordon fez um pronunciamento por meio de sua conta no Instagram e lamentou a situação.

“Há alguns dias, durante o treino, estava fazendo escapadas das costas e fraturei minha costela durante uma escapada errada. Após algum tempo tentando treinar, eu e meu time decidimos que era melhor remarcar as lutas que já estavam planejadas. Em outras palavras, eu não vou competir até o próximo ano, mas eu estarei nos eventos para ver meus apoiadores e apoiar meu time. Desculpa pessoal, isso é parte do jogo”, postou Gordon Ryan.

Gordon adia volta ao grappling

Gordon lutou apenas uma vez em 2023. Ele sofreu uma infecção estomacal em fevereiro e retornou apenas em outubro para enfrentar Patrick Gaudio. Na ocasião, Gordon finalizou o brasileiro com um armlock e defendeu o cinturão peso pesado do WNO com sucesso.

Gordon estava às vésperas de realizar sua trilogia com Lucas Hulk, mas adiou seu retorno aos tatames. Além disso, a comunidade do Jiu-Jitsu também aguardava ansiosamente o embate contra Mason Fowler no UFC Apex, em Las Vegas. 

As organizações ainda não anunciaram os substitutos de Gordon para os duelos, porém, a Flo Grappling informou que o card terá atualizações em breve. Além disso, ainda não há a confirmação da retirada de Lucas Hulk do WNO 21.

Avatar photo

Escrito por Gabriel Almada

Jornalista aficionado por luta e faixa-roxa de Jiu-Jitsu

Marcos Cunha é uma referência no ensino do Jiu-Jitsu

Marcos Cunha comenta preparativos para abertura da nova TMC

Renan Problema é o novo campeão peso pesado da PFL. Foto: Divulgação/PFL

PFL: Renan Problema e Larissa Pacheco faturam US$ 1 milhão