em

Campeão da Pro League Francesa, Cássio Silva encerra temporada com mais um ouro

Confederação Francesa de Jiu-Jitsu organizou torneio profissional de grappling

Cássio Silva venceu GP de grappling em Paris, na França.

Atleta da ala dos Masters, campeão Europeu da IBJJF e bicampeão do World Pro, da AJP Tour, Cássio Silva tem agora outro título no seu histórico: campeão do GP da CFJJB, a Confederação Francesa de Jiu-Jitsu. Disputado no dia 21 de dezembro, o evento de grappling profissional reservou duas lutas para Caio, que passou ileso por elas até se sagrar campeão.

Em entrevista ao VF Comunica, o professor da School of Champs, na França, disse que no torneio foi possível colocar em prática técnicas treinadas recentemente. Dessa forma, ele foi capaz de distinguir os pontos fortes e identificar ajustes a serem feitos.

“Fiz uma campanha muito boa no GP da CFJJB, fui pra testar meu acervo de leglocks que não tinha no meu jogo de No Gi antes e, há pouco tempo, venho treinando. Eu tive muito sucesso nas entradas de pernas, mas infelizmente não consegui o objetivo que era finalizar.”, revela Cássio, feliz com o resultado, mas admitindo que gostaria de ter mostrado mais efetividade.

Treinamento bem executado reflete na performance campeã de Cássio Silva

Nas lutas disputadas no Grand Prix, Cássio afirma que, de tão bem treinado, não se sentiu ameaçado em nenhuma delas. Brasileiro dominante na cena competitiva de Paris, o faixa-preta fez uma breve retrospectiva de 2023, almejando mais medalhas de ouro na próxima temporada.

“Foi um ano de competição muito abençoado, o objetivo era ganhar o Europeu e o Brasileiro da IBJJF, o mundial da AJP e a Pro League da CFJJB, em casa. Só não ganhei o Brasileiro, mas pretendo ir buscar em 2024.”, afirma.

CFJJB tem potencial para crescer muito, afirma o faixa-preta

Com relação ao seu compromisso mais recente, a Pro League francesa, Cássio descreveu a experiência como emocionante, com título conquistado em uma federação pela qual nutre afeto, sob a torcida entusiasmada dos seus alunos.

“A Pro League da CFJJB foi a competição mais marcante para mim esse ano. Eu lutei em todas as faixas nessa organização, foi a primeira edição de um evento majestoso que vai crescer ainda mais e eu sou o primeiro campeão na divisão -70kg, em casa, com meus alunos presentes, foi muita emoção.”, relembra, cheio de orgulho.

Avatar photo

Escrito por Emmanuela Oliveira

Emmanuela Oliveira é faixa-marrom de Jiu-Jitsu e formada em Comunicação Social. Dentro do tatame, aprendeu que é possível conjugar Jiu-Jitsu, escrita e o gosto pelas artes visuais em um só pacote.

Caio Borralho dispara: “Não teria problema em enfrentar ‘Borrachinha’ no UFC”

Jovem promessa, Jason Chih mira temporada dourada na faixa-roxa em 2024