em

Ana Paula Minerato, musa de escola de samba paulista, ganha competição de Jiu-Jitsu em São Paulo

Jiu-Jitsu tornou-se um grande aliado como preparação física da influencer digital

Ana Paula
Competidora faixa-azul quer se dedicar mais para ser destaque entre as atletas do peso pena. Foto: @apminerato

Musa da escola de samba Gaviões da Fiel, de São Paulo, a influenciadora digital Ana Paula Minerato descobriu no Jiu-Jitsu uma nova paixão. Faixa-azul da modalidade, Minerato competiu na primeira etapa do Circuito Paulista de Jiu-Jitsu, um campeonato organizado pela FPJJ, em Barueri, e conseguiu sair do ginásio com a medalha de ouro ao redor do pescoço.

Em entrevista cedida para a Quem, a atleta disse que está no Jiu-Jitsu há quatro anos, um esporte que ela inseriu na sua rotina, aliando a nova atividade com as suas outras obrigações. “Eu estou no Jiu-Jitsu há quatro anos e há um ano venho em busca da medalha de ouro. Em novembro do ano passado já tinha conseguido a medalha de prata, perdi na final. Por isso, me preparei muito para o circuito desse ano e agora consegui o melhor resultado.”, revela, complementando que pretende continuar nesse ritmo de dedicação para dominar a divisão do peso pena feminino da federação paulista.

Segundo Ana Paula, treinos de Jiu-Jitsu melhoraram desempenho na passarela do samba

Ainda de acordo com Ana Paula, os treinos de Jiu-Jitsu, sempre muito exigentes em termos físicos, foram como um grande aliado na preparação como musa de Carnaval, uma tarefa que requer fôlego para cruzar a passarela do samba. “Como os treinos são muito intensos e pesados, ajuda a me dar resistência para aguentar tudo o que enfrentamos no desfile: fantasia pesada, horas de samba, etc.”, conta.

O esporte entrou na vida de Ana Paulo logo no início da pandemia, em 2020, por meio da influência de um amigo. Ainda de acordo com ela, além do condicionamento físico, a prática do esporte fez com que ela se sentisse mais atlética.

Avatar photo

Escrito por Emmanuela Oliveira

Emmanuela Oliveira é faixa-marrom de Jiu-Jitsu e formada em Comunicação Social. Dentro do tatame, aprendeu que é possível conjugar Jiu-Jitsu, escrita e o gosto pelas artes visuais em um só pacote.

Chaves para as disputas do Pan-Americano da IBJJF são divulgadas

Mestre Ricardo Libório é graduado com a faixa-coral de Jiu-Jitsu